Carlos Amarilla diz ter consciência tranquila: “Não favoreci o Boca”

Facebook
VKontakte
share_fav

O árbitro Carlos Amarilla procurou mostrar revolta com a escuta que coloca sua escalação sob suspeita na partida entre Corinthians e Boca Juniors, nas oitavas de final da Copa Libertadores. Em um jogo no qual anulou dois gols alvinegros e deixou de marcar dois pênaltis, negou ter ajudado os argentinos.

ver Gazeta Esportiva - Seleção brasileira