Brasil vence a Venezuela, mas sofre pressão mesmo com zaga reforçada

Facebook
VKontakte
share_fav

O Brasil avançou esta noite em Santiago um passo em direção a sua recuperação do prestígio futebolístico e venceu com toda clareza a Venezuela (eliminada, portanto, do torneio), em uma partida que acabou com qualquer dúvida sobre a decisão de realizar os dois jogos do grupo C em horários distintos: em caso de um empate, a Colômbia teria sido eliminada automaticamente e as duas equipes se classificariam diretamente para as quartas de final. A seleção Canarinho fez uma partida bastante séria contra um rival pouco inspirado, que não teve uma única chance clara em todo o primeiro tempo. Controlou a partida com autoridade até os 35 minutos da etapa final: a Vinotinto reduziu a diferença exatamente quando Dunga colocou mais dois zagueiros (David Luiz e Marquinhos) e jogava com seis defensores em campo, ganhando de 2 x 0. O último gol do jogo animou os 10 minutos finais, que transcorreram de forma nervosa e mancharam uma atuação brasileira que até então fazia o time merecer ganhar sem maiores preocupações

Seguir leyendo.

ver El País