Professores vendem cerveja na Virada para cobrir prejuízo da greve

Facebook
VKontakte
share_fav

Um casal de professores aproveitou a intensa movimentação de pessoas na Virada Cultural para vender cervejas e recuperar prejuízos que alegam ter tido com a greve da categoria em São Paulo, encerrada há pouco mais de uma semana, após 92 dias de paralisação. Leia mais (06/21/2015 - 16h59)

ver Folha de S.Paulo - Ilustrada