Marina Abramović diz que se sentiu usada por Jay-Z após gravação de clipe

Facebook
VKontakte
share_fav
Jay-Z e Marina Abramović em 'Picasso Baby: A Performance Art Film' (Foto: Reprodução)

Jay-Z é um dos nomes que integram o hall de cantores adeptos à arte de Marina Abramović, ao lado de gente como Lady Gaga, James Franco e nomes da moda, como Riccardo Tisci. Dessa paixão nasceu o vídeo Picasso Baby: A Performance Art Film, de 2013- uma espécie de clipe no qual Jay-Z refaz a performance The Artist is Present de Marina interagindo por seis horas com diversas pessoas enquanto cantava, inclusive com ela (assista abaixo).
Mas parece que Abramović não anda muito contente com o resultado dessa parceria: anos depois de lançarem Picasso Baby, a artista disse à revista Spike que se sentiu usada pelo cantor. Segundo a artista sérvia, a única condição para a colaboração seria Jay-Z ajudar no Instituto Marina Abramović, o que ele supostamente não fez.

Marina ainda comparou Jay-Z com Lady Gaga. Disse que, apenas por ter 45 milhões de followers, a cantora juntou todos seus pequenos fãs com o seu público; já no caso do rapper foi diferente: "No fim, foi uma transação de mão única. Jamais farei isso de novo. Nunca. Fui muito ingênua nesse mundo. Era tudo novo para mim e eu não tinha ideia que isso poderia acontecer. É tão cruel que é inacreditável", conclui Abramović.

Dois dias após a publicação da declaração na revista, e apesar da repercussão do tema, o rapper ainda não havia se pronunciado.

ver GQ Brasil