Haddad reúne-se com governadores do PSB e discute estratégias para 2º turno

Facebook
VKontakte
share_fav

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, reuniu-se na manhã desta 4ª feira (10.out.2018) em São Paulo com os governadores do PSB Paulo Câmara (PE) e Ricardo Coutinho (PB). Foi o 1º encontro após o partido fechar apoio a Haddad.

O PSB abriu exceção para Distrito Federal e São Paulo, onde seus correligionários buscam a reeleição e não querem ter a imagem colada ao PT que tem grande rejeição local. O PSB tenta reeleger nas regiões Rodrigo Rollemberg e Márcio França, respectivamente.

“Para nós é muito importante que a gente esteja junto. Queríamos estar desde o 1º turno juntos, mas sempre tivemos certza de que estaríamos juntos no 2º turno e essa profecia se realizou, para nossa satisfação“, disse Haddad.


O petista afirmou que o próximo encontro para debater apoio será com Ciro Gomes (PDT). O PT quer aumentar sua frente de apoio para mostrar robustez no 2º turno. “Estamos absolutamente dispostos a sentar com ele para fazer um acordo programático”, disse. “Ainda não sentamos com ele como já sentamos com o PSB e o Psol.”

Ciro é a maior expectativa do PT para alavancar seus votos no 2º turno. O núcleo petista espera que 1 aceno forte de Ciro à campanha de Haddad auxilie na transferência da maior parte dos votos que o cearense obteve no 1º turno. O pedetista obteve mais de 13 milhões de votos, cerca de 12,4% dos votos válidos da 1ª fase da disputa.

O ex-prefeito de São Paulo foi questionado na coletiva de imprensa sobre o modelo que adotará para a reforma da Previdência e defendeu a construção de 1 acordo com os governadores. “Precisaremos sentar com os governadores e servidores para rever”, disse. “Muitas variáveis terão de ser debatidas com os trabalhadores.”

Haddad defendeu o corte de todos os benefícios que hoje ultrapassam o teto do salário do funcionalismo e a revisão dos regimes próprios da Previdência.

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad disputarão a Presidência no 2º turno.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#psb
#paulo câmara
#ricardo coutinho
#joão campos
#eleições
#fernando haddad
#eleições 2018