Pernambuco: Paulo Câmara (PSB) é reeleito governador no 1º turno

Facebook
VKontakte
share_fav

Atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), 46 anos, foi reeleito neste este domingo (7.out.2018) para o cargo com 50,65% dos votos. Foram 1.906.885 votos concedidos ao governador.


Às 21h55, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estava com 99% das urnas apuradas. Mais de 5,3 milhões de pernambucanos votaram.

Paulo Câmara é formado em economia, servidor do Tribunal de Contas do Estado. Foi secretário de Administração (2007–2010), secretário de Turismo (2010) e secretário da Fazenda de Pernambuco (2011–2014). Em 2014 foi eleito governador do Estado.

O senador Armando Monteiro (PTB), 66 anos, que buscava levar a disputa ao 2º turno teve 36,01% dos votos.

Eis o percentual de votos obtidos pelos outros candidatos:

  • Dani Portela (Psol): 4,99%
  • Julio Lossio (Rede): 4,66%
  • Maurício Rands (Pros): 3,44%
  • Simone Fontana (PSTU): 0,24%

Reedição de 2014

O resultado repete o mesmo cenário na disputa pelo governo do Estado de 2014: os 2 candidatos liderando as intenções ao governo. No entanto, naquele ano Paulo Câmara foi eleito com 68,08% dos votos contra 31,07% de Armando Monteiro já no 1º turno.

Em 2018 houve uma diferença em relação a 2014, além da disputa ir ao 2º turno. Na eleição anterior o PT, com o ex-presidente Lula, formalizou apoiou a Monteiro. Este ano, o partido esteve no palanque governista após retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT-PE).

A campanha dos 2 candidatos este ano foi acirrada. Sendo 1 dos redutos eleitorais do PT, os 2 candidatos focaram o discurso em mostrar ao eleitor quem era mais mais amigo de Lula. Em contraponto, visaram se distanciar do presidente Michel Temer.

Nos debates, houve vários confrontos diretos com trocas de acusações. Ambos apontavam que o outro era próximo a “turma de Temer” e responsável pela crise econômica do país.

Na primeira pesquisa em que os 2 foram testados, em maio, o Ibope mostrou Câmara com 15,5% e Monteiro com 14,5%. Os candidatos tiveram crescimento acentuado durante a campanha, mas Câmara conseguiu abrir vantagem de 6 pontos percentuais em agosto, segundo o Datafolha. O governador teve 30% e o senador 24%.

Na reta final, a última pesquisa Ibope, divulgada neste domingo (6.out.2018), o cenário já apontava a reeleição de Câmara, que teve 51% dos votos válidos frente a 37% de Monteiro.

Eis a evolução de intenção de votos dos candidatos em 2018:

SENADO

As duas vagas para o Senado do Estado foram preenchidas por Jarbas (MDB) e Humberto Costa (PT). Eles obtiveram 25,74% e 21,49% dos votos, respectivamente.

Eis o percentual de voto dos outros candidatos:

  • Mendonça Filho (DEM): 19,60%
  • Bruno Araújo (PSDB): 13,93%
  • Silvio Costa (Avante): 10,18%
  • Pastor Jairinho (Rede): 2,88%
  • Albanise Pires (PSOL): 2,15%
  • Adriana Rocha (Rede): 1,39%
  • Eugênia (Psol): 1,71%
  • Hélio Cabral (PSTU): 0,25%
  • Lídia Brunes (Pros): 0,67%
  • Alex Rola (PCO): 0%

ver Blog do Fernando Rodrigues
#paulo câmara
#dilma rousseff
#armando monteiro
#pernambuco
#eleições
#michel temer
#eleições 2018
#maurício rands
#dani portela
#julio lossio
#simone fontana
#apuração das urnas