Redes sociais de Haddad crescem 42% e de Bolsonaro 25% em 30 dias

Facebook
VKontakte
share_fav

Segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto para presidente, Fernando Haddad (PT) ganhou 500 mil novos seguidores no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube nos últimos 30 dias. A alta foi de 42%.

Segundo levantamento realizado pela consultoria Bites, o ex-prefeito de São Paulo tinha 1,189 milhão de seguidores em 31 de agosto. Pulou para 1,689 milhão na manhã deste sábado (29.set). Haddad foi oficializado candidato do PT em 11 de setembro.

No mesmo período, o candidato Jair Bolsonaro (PSL), que tem, de longe, o maior número de fãs nas redes, ganhou 2,443 milhões de seguidores, alta de 24,9%.

Há 1 mês, o militar tinha 9,828 milhões de fãs nas redes. Nesta manhã, contava com 12,272 milhões. Foram 500 mil novos seguidores só na última semana.

Ciro Gomes (PDT) teve o maior crescimento percentual entre os 5 principais candidatos no mês. Em 31 de agosto, o candidato tinha 791 mil seguidores. Nesta manhã, 1,266 milhão. Foram 80 mil novos fãs, alta de 60%.

O candidato Geraldo Alckmin (PSDB) ganhou 163 mil fãs no mês e totalizou 2,203 milhões. A alta foi de 8%.

Já Marina Silva (Rede) teve o avanço menos expressivo entre os principais candidatos. A alta foi de 1,5% no mês, o que representa 66 mil novos seguidores. A candidata, entretanto, ocupa a 2ª posição entre os candidatos com mais seguidores. Nesta manhã, tinha 4,441 milhões.

Eis a variação mensal dos candidatos:

ver Blog do Fernando Rodrigues
#mídia
#ciro gomes
#pdt
#rede
#psl
#bites
#marina silva
#psdb
#geraldo alckmin
#eleições
#jair bolsonaro
#fernando haddad