Sword Legacy Omen: O RPG brasileiro que vale ser jogado!

Photo of Sword Legacy Omen: O RPG brasileiro que vale ser jogado!
Facebook
VKontakte
share_fav

RPG em turnos, com gráfico belíssimo e 100% em português. Jogamos Sword Legacy Omen, game das brasileiras Firecast Studio e Fableware, baseado na lenda do Rei Arthur e contamos o que achamos deste jogo incrível. Confira!

Design brazuca e visual de HQ

Já que isso aqui é um site de design, vamos começar pelo ponto principal… o design do game. Antes mesmo de começar a jogar Sword Legacy Omen, o visual do jogo (nos screenshots promocionais) já chamavam a minha atenção. Mas com aquele toque de preconceito nacional, esperei para ver se o jogo era tudo isso e ERA! Com uma estética que lembra quadrinhos, colorido na medida certa 3D impecável, SL: Omen não fica atrás de grandes produções gringas.

Uma coisa que capta a atenção em SL Omen são os detalhes. Os itens e personagens espalhados pela tela (até mesmo aqueles que não são interativos) foram cuidadosamente trabalhados.

Outro detalhe interessante é o visual de Merlin, o lendário mago e conselheiro do rei Arthur. Acostumando com uma caracterização mais “mago branco”, o personagem de SL Omen tem um visual mais dark e hardcore. Até mesmo as falas do personagem são um pouco mais agressivas do que outras caracterizações que já vimos do mago. Gostei bastante!

Uma narrativa rica e bem trabalhada

Não é à toa que Sword Legacy Omen ganhou vários prêmios e elogios pela narrativa. De acordo com a produtora, a descrição do game é a seguinte: “Embarque numa releitura brutal do mito do Rei Arthur na pele de Uther, um vingativo cavaleiro auxiliado pelo feiticeiro ancião Merlin. Busque a lendária Excalibur e sobreviva a intensos combates por turnos neste RPG tático ambientado em Britânia, uma terra fragmentada por intriga e traição.”

Para quem conhece a lenda do Rei Arthur, sabe que Uther era… o seu pai! No game, você incorpora o Grão-cavaleiro desonrado, que precisa liderar uma equipe inusitada em missões repletas de desafios. Formando alianças na busca da lendária espada Excalibur, necessária para enfrentar o sinistro e ganancioso duque de Wessex.

RPG em turnos: Não espere um jogo fácil

Sword Legacy Omen é um jogo que exige estratégia e inteligência. Não dá para sair correndo com espada em punho e atacando os inimigos. Confesso que fiz isso e, dois minutos depois, tinha perdido o Merlin. Sim, meu personagem tinha morrido!

Como um bom RPG, cada classe de personagem tem habilidades e características próprias e, apesar do jogo permitir uma exploração livre do ambiente (liberando informações extras da história e outros detalhes), é sempre bom pensar quem vai na frente. Além disso, o jogo conta com um sistema de stress e, segundo a produtora, “use todo seu poder para alcançar a vitória, mas cuidado; caso seus heróis percam o moral e a determinação para lutar, eles também sucumbirão ao pânico.”

Sword Legacy Omen está disponível na Nuuvem e Steam por R$ 36,99 (para quem quiser o artbook, existe uma versão Deluxe por R$ 46,22) e é uma ótima sugestão de jogo para quem gosta de RPG.

ver Com Limão
#review
#steam
#enredo
#rei arthur
#games
#brasil
#sword legacy omen