A insólita viagem de 273 cadáveres por Guadalajara

Photo of A insólita viagem de 273 cadáveres por Guadalajara
Facebook
VKontakte
share_fav

Naquela tarde, o cigarro de maconha pareceu estranho para Martin Alonso. "Estava dando a primeira tragada e até o aroma forte do fumo havia mudado. Eu disse, ‘quem peidou?’ E acontece que da rua vinha um cheiro bem fedorento.” Para não incomodar a filha de três anos, Alonso, de 30 anos, tinha saído para fumar na porta de casa, um casebre em ruínas como o da maioria de seus vizinhos. Estranhando o mau cheiro, ele deixou o baseado e seguiu o rastro da fedentina.

ver El País
#narcotráfico
#jalisco
#méxico
#acontecimentos
#violência
#américa do norte
#delitos
#problemas sociais
#américa
#justiça
#sociedade
#américa latina
#cartel jalisco nova geração
#delitos contra saúde pública