Apple conclui aquisição da Shazam e eliminará propagandas no app

Photo of Apple conclui aquisição da Shazam e eliminará propagandas no app
Facebook
VKontakte
share_fav

Algumas semanas após a Comissão Europeia aprovar a aquisição da Shazam pela Apple, originalmente anunciada no final de 2017, a Maçã confirmou hoje que o negócio está oficialmente consumado.

“Apple e Shazam têm uma longa história juntas. O Shazam foi um dos primeiros apps disponíveis quando lançamos a App Store e se tornou um app favorito para fãs de música em todo o mundo”, afirmou Oliver Schusser, vice-presidente do Apple Music. “Com um amor compartilhado por música e inovação, estamos contentes em unir nossos times para proporcionar a usuários ainda melhores formas de descobrir, experimentar e curtir música.”

De acordo com a Apple, o Shazam já foi baixado mais de 1 bilhão de vezes e é hoje usado mais de 20 milhões de vezes por dia — e esse número certamente aumentará ainda mais sob a tutela da Maçã, que também anunciou hoje a remoção das propagandas que permeavam o aplicativo (ou seja, ela deverá matar o Shazam Encore, que era pago e sem anúncios).

Futuramente, podemos esperar uma integração ainda maior da tecnologia do Shazam no Apple Music e nos próprios sistemas operacionais da Maçã.

Ícone do app Shazam

Shazam

de Shazam Entertainment Ltd.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple WatchesCompatível com o iMessage
Versão 12.0 (117.6 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Código QR Código QR

Ícone do app Shazam Encore

Shazam Encore

de Shazam Entertainment Ltd.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple WatchesCompatível com o iMessage
Versão 12.0 (117.6 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

R$ 9,90

Código QR Código QR

Ícone do app Shazam

Shazam

de Shazam Entertainment Ltd.

Compatível com Macs
Versão 1.3.2 (8.7 MB)
Requer o macOS 10.10 ou superior

Grátis

Código QR Código QR

ver Mac Magazine
#parceria
#rumor
#reconhecimento
#streaming
#compra
#aquisição
#negócio
#shazam
#música
#shazam entertainment
#software
#dinheiro
#apple
#mercado
#destaques