Governador do MS, Reinaldo Azambuja, é alvo de operação da Polícia Federal

Facebook
VKontakte
share_fav

A Polícia Federal deflagrou nesta 4ª feira (12.set.2018) uma operação denominada Vostok, em Campo Grande (MS). O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), é alvo de busca e apreensão. A PF já esteve na casa, no gabinete e na sede do governo de Azambuja, que é candidato à reeleição ao Palácio do Paiaguás.


A investigação mira no esquema de pagamento de propina envolvendo autoridades do Executivo, Legislativo e TCE (Tribunal de Contas do Estado). O nome faz referência às notas fiscais frias utilizadas para a dissimulação dos pagamentos.

Foram mobilizados cerca de 220 policiais federais para cumprir 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária em Campo Grande e em municípios do Estado.

As investigações foram iniciadas no início de 2018 e têm como base os termos de colaboração premiada de executivos de uma grande empresa do ramo frigorifico. O inquérito tramita no STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília, que autorizou as medidas em cumprimento.

Esse texto está em atualização.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#mato grosso do sul
#campo grande
#reinaldo azambuja
#lava jato
#justiça
#operação vostok