FGV Dapp: atos de campanha lideram conteúdo de presidenciáveis no Facebook

Facebook
VKontakte
share_fav

No Facebook, rede social mais utilizada pelos brasileiros, presidenciáveis disputam visibilidade e buscam emplacar suas candidaturas junto aos usuários. Em 2 meses, os 5 candidatos a presidente mais bem posicionados em pesquisas publicaram 1 total de 1.533 posts na rede social. Destes, 995 foram só de campanha.


Os dados são da FGV Dapp (Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas). Foram analisadas, entre 1º de julho e 31 de agosto, as páginas do Facebook de Lula (PT), Jair Bolsonaro (PSL), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede). No período, Lula ainda não tinha sido declarado inelegível pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A página do ex-presidente Lula foi a que mais fez publicações de campanha: 426. Em seguida, a de Bolsonaro (205), Ciro (184), Alckmin (113) e Marina (67).

No geral, Lula teve uma média diária de 7 posts, seguido de Bolsonaro, com média de 3,4.

Os candidatos também fizeram publicações relacionadas à: agenda política; diálogo com outros atores; e imagem pessoal.

Eis o gráfico:

Já somente sobre campanha, os posts dos candidatos se dividem em: mobilização de campanha; eventos; compartilhamento de notícias; financiamento de campanha.

Lula foi o que mais fez posts de mobilização de campanha, com 268 publicações. Depois, foi Bolsonaro, com 85 posts.

Já Ciro Gomes, foi o que fez mais publicações sobre eventos, foram 125.

Eis os dados sobre publicações de campanha:

Proporcionalmente, Marina Silva foi a candidata que, entre postagens de campanha, foi a que mais divulgou informações sobre o financiamento eleitoral. O tema ocupou 16% do seu conteúdo de campanha no Facebook.

Já Bolsonaro, cerca de 20% dos seus posts sobre campanha foram compartilhamentos e repercussão de notícias. Segundo a FGV Dapp, o deputado critica a visibilidade negativa que a imprensa supostamente impõem sobre sua figura.

De acordo com a FGV Dapp, as estratégias de publicação e o conteúdo divulgado pelos políticos varia significativamente, tanto em quantidade de postagens, linguagem utilizada, aspecto visual dos posts e temas mobilizados. Ainda assim, demonstram tendências de atuação perante o eleitorado.

Tema de propostas

Sobre a agenda política, os candidatos a presidente fizeram publicações referentes a propostas sobre: economia, segurança, infraestutura, direitos humanos, administração pública, educação, cultura, agronegócio, sustentabilidade, programas sociais, corrupção, inovação e tecnologia, saúde e relações exteriores.

Ciro Gomes e Geraldo Alckmin protagonizaram o debate econômico no Facebook, foram 34 e 25, publicações, respectivamente, sobre o tema.

Segundo a FGV Dapp, os 2 deram ênfase à necessidade de a economia do país voltar a crescer. Ciro direcionou esforços em defender a negociação de dívidas da população, enquanto Alckmin apostou na redução de impostos e na simplificação tributária.

Bolsonaro liderou o debate sobre Educação e Cultura, com 12 posts, e empatou com Alckmin entre os que mais falaram sobre segurança, com 12 postagens também.

Marina Silva foi a que fez mais posts sobre Direitos Humanos, foram 15. Lula foi o que menos falou sobre temas de propostas.

A FGV Dapp afirma que Jair Bolsonaro enfatizou temas de segurança e educação ao tratar de pautas sobre violência, porte de armas e doutrinação político-ideológica na escolas.

O estudo mostra ainda que Lula optou por temas ligados a corrupção ao utilizar publicações para defender a viabilização da sua candidatura. Já Marina Silva, enfatizou a importância da luta contra a discriminação e a violência tanto racial como de gênero e abordou o compromisso com a vida de crianças e jovens.

Eis o gráfico abaixo:

Evolução das publicações

A evolução do número de postagens demonstra que os candidatos a presiente passaram progressivamente a publicar uma quantidade maior de posts após o início da campanha eleitoral, 16 de agosto.

Antes disso, no entanto, houve o pico de publicações: no dia 10 de agosto, data do primeiro debate presidencial na televisão, promovido pela Band.

Eis a evolução:

Os outros 8 presidenciáveis publicaram 2.858 posts. Houve destaque para Guilherme Boulos e Alvaro Dias, responsáveis, respectivamente, por 750 e 629 publicações. Tais valores superam a quantidade de posts de Lula, candidato que apresentou maior quantidade de publicações entre os cinco principais candidatos nas pesquisas de intenção de voto.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#redes sociais
#campanha eleitoral
#mídia
#guilherme boulos
#sustentabilidade
#ciro gomes
#segurança
#alvaro dias
#agronegócio
#facebook
#marina silva
#geraldo alckmin
#direitos humanos
#eleições
#jair bolsonaro
#lula
#administração pública
#eleições 2018
#educação
#economia
#cultura
#fgv dapp
#diretoria de análise de políticas públicas da fundação getulio vargas