‘Impossível’ bois terem sido contaminados com antraz no Brasil, diz Maggi

Facebook
VKontakte
share_fav

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), afirmou ao Poder360 nesta 5ª feira (30.ago.2018) que “é impossível estes bois terem saído do Brasil com este vírus”.

De acordo com Hurriyet Daily News, imprensa local da Turquia, animais infectados, importados do Brasil, foram encontrados em 1 propriedade no distrito de Ancara, capital da Turquia.


Segundo Maggi, para que 1 boi embarque para exportação, são necessários 21 dias de quarentena antes, além dos 20 dias de viagem. Como a incubação do vírus do antraz (Carbúnculo) é de 21 dias, a contaminação dos bovinos ainda no Brasil, pela visão do ministro, é descartada. O ministro destacou que a informação não foi confirmada pelo governo Turco.

Os animais infectados seriam parte de 1 carga de quase 4 mil animais provenientes do Brasil. Por precaução, as vendas de bovinos foram interrompidas em Ahiboz e Günalan, regiões próximas ao incidente.

Segundo a imprensa turca, pecuaristas locais do distrito de Gölbaşı estão irritados por terem seus negócios afetados, e questionam como as autoridades permitiram que os animais infectados entrassem no país.

Ainda de acordo com o Hurriyet Daily News, o ministro turco de florestas e agricultura teria dito que, como regra, todos os animais importados pelo país são postos de quarentena em locais preparados, durante 21 dias. Além disso passam por testes para garantir que não estejam infectados, antes de receberem permissão para serem vendidos no mercado.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#pecuária
#bovinos
#gado
#blairo maggi
#boi
#ministério da agricultura
#maggi
#turquia
#agricultura
#brasil
#pecuária e abastecimento
#economia