6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer

Photo of 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer
Facebook
VKontakte
share_fav

O champanhe é produzido em diferentes estilos e serve para acompanhar várias celebrações e momentos especiais em nossas vidas. Rosé Champagnes, por exemplo, tem uma natureza sexy e sedutora, ideal para momentos a dois, como o Dia dos Namorados, enquanto os champanhes de prestígio como Dom Perignon, Roderer Cristal e La Grand Dame, da Veuve Clicquot, estão entre os mais elegantes e graciosos desenvolvidos pelos franceses – e têm preços à altura.

VEJA TAMBÉM: Primeiros vinhos brasileiros recebem selo por produção

Além desses, estão os chamados cuvées non-vintages, que são as versões de colarinho azul de Champagne. Não há nada particularmente emocionante ou inspirador nesses vinhos, mas eles representam a espinha dorsal da região onde são produzidos. Todas as casas de champanhe, bem como a maioria dos pequenos produtores, apostam em um cuvée non-vintage que quase sempre representa o produto individual de maior destaque em seu portfólio – em grande escala, isso pode equivaler a milhões de garrafas de apenas um tipo.

Quando a produção é alta, um champanhe non-vintage – ou contemporâneo – torna-se um símbolo do produtor. Quando ele é lançado, todos os anos, a nova versão precisa ter gosto semelhante ao do lançamento anterior – um estilo que todo produtor de Champagne almeja. Consiga um cliente viciado em sua produção – que pode ter características delicadas ou mais poderosas, ser muito seco ou com um toque adocicado – e você terá um comprador fiel, que, com o tempo, poderá passar a adquirir outras versões do seu produto.

Alguns produtos non-vintage – o termo multi-vintage é, algumas vezes, utilizado também para descrever esse tipo de bebida – são muito famosos; como Moet & Chandon Impérial, Veuve Clicquot “Yellow Label” e Mumm Grand Cordon (antigo Cordon Rouge) são três dos mais conhecidos. No entanto, há muitos outros champanhes non-vintage bem feitos e atraentes que não são tão conhecidos, mas merecem estar em primeiro plano, já que o sabor, caráter e harmonia são realmente agradáveis.

E, quando as versões non-vintage unem qualidade com preços razoáveis, é uma combinação vencedora boa demais para deixar passar em branco.

Veja, na galeria de imagens a seguir, seis cuvées non-vintages com preços acessíveis que merecem destaque. Preços consultados na Wine-searcher.com.

6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer - Foto divulgação Pierre Jouet 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer - Leclerc Briant Brut Réserve 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer - Foto divulgação Paris Select Book 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer -Foto divulgação Gosset 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer - Foto divulgação Vadin Plateteau 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer - Foto divulgação Boizel

O post 6 champanhes non-vintage que você precisa conhecer apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#garrafa
#vinho
#luxo
#produção
#perfume
#nota
#francês
#produtor
#fruta
#portfólio
#especialista
#dom pérignon
#acompanhamento
#levedura
#champanhe
#enologia
#veuve clicquot
#champagne
#harmonia
#degustação
#aroma
#lifestyle
#rótulo
#sabor
#meunier
#qualidade
#chardonnay
#renaissance
#viticultura
#acidez
#brut
#pinot noir