PSB ‘ressuscita’ vídeo de Eduardo Campos apoiando Paulo Câmara

Facebook
VKontakte
share_fav

O governador e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB-PE) usou, em vídeo de sua campanha eleitoral, depoimento de Eduardo Campos (PSB-PE), morto em 2014 em 1 acidente de avião. “Vamos em frente, agora é a hora da competência, da seriedade, desse ser humano extraordinário que é Paulo Câmara”, diz Campos no vídeo.


Ao Poder360 a assessoria nacional do PSB confirmou, nesta 3ª feira (28.ago.2018), a veracidade da peça publicitária.

O vídeo, gravado originalmente para a campanha de Paulo Câmara para o governo de Pernambuco em 2014, foi adaptado para sua tentativa de reeleição em 2018. A peça não deixa claro que a fala de Campos foi gravada há 4 anos.

Assista:

O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos era candidato a presidente em 2014 e morreu, em meio a campanha presidencial, depois da queda de 1 avião na cidade de Santos.

A assessoria do PSB disse que Armando Monteiro (PTB-PE), candidato da oposição ao governo pernambucano, também utiliza gravações antigas do ex-governador. “No caso de Paulo é natural e esperado que se use. No caso do Armando, não”.

Armando usou em vídeo de sua campanha elogios feitos por Campos a ele. Os 2 faziam parte da mesma coligação em 2010, quando o pessebista foi eleito governador e o petebista senador.

PT e Lula

O PSB não é a única sigla a enfrentar problemas com vídeos de personalidades históricas do partido. O PT, que mantém a candidatura a presidente de Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo preso em Curitiba, recorreu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que ele grave vídeos para a propaganda eleitoral.

O pedido foi feito pela Coligação “O Povo Feliz de Novo”, composta por PT, PC do B e Pros. Assinam a petição a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e os advogados Angelo Longo Ferraro, Miguel Filipi Pimentel Novaes, Fernando Antonio dos Santos Filho, Rachel Luzardo de Aragão, Eugênio José Guilherme Aragão e Marcelo Winch Schmidt.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#psb
#paulo câmara
#eduardo campos
#armando monteiro
#pernambuco
#eleições
#ptb
#lula
#eleições 2018