Uma mentira é tida como o principal sinal de produtividade

Photo of Uma mentira é tida como o principal sinal de produtividade
Facebook
VKontakte
share_fav

Em nossa rotina diária, quem de nós nunca começou um trabalho e plim… Chega uma mensagem de WhatsApp ou em seguida resolve dar uma olhadinha no e-mail pessoal e aproveita para pagar a mensalidade da escola do filho antes que o dia termine… Com isso, passam-se minutos e talvez horas e suas tarefas profissionais ainda não foram finalizadas ou nem executadas. Reconheceu-se na situação?

Então, não se orgulhe de realizar muitas tarefas ao mesmo tempo e não se engane em ser multitarefas, pois não significa colocar todas as suas potencialidades ao mesmo tempo em cada uma delas. Quando você começa diversas atividades diárias, não finalizando quase nenhuma delas ou deixando algumas com pouca qualidade, é bem provável que algo esteja errado.

De fato, em um ambiente profissional cada vez mais conectado, a rotina da maioria dos profissionais é cheia de compromissos. São muitas interrupções, distrações e, em muitas situações, um corre-corre para “apagar incêndios”. Isso nos leva a falta de prioridades e principalmente ao apego da “importância de estar ocupado”. Sinal de que o planejamento não foi eficiente e para nos tornarmos mais produtivos precisamos antes de tudo, priorizar nossas atividades conforme seu grau de importância e urgência e conseguir entregar mais em menos tempo.

Garanta que você está separando as urgências das atividades importantes. Você pode ter que dizer não para uma tarefa com menos relevância para manter o foco numa ação importante. Fazer escolhas conscientes e apropriadas demanda certa tranquilidade. Mas, há uma grande sacada para resolver esse impasse: Pare! É isso mesmo, dê pausas, intervalos para poder realizar com melhor qualidade todas as suas missões e descanse por alguns minutos. Quer um exemplo e nem sabe por onde começar? Dê uma lida nas notícias do dia, levante, se estique, tome um café… O cérebro precisa de descanso. Quanto mais vezes dermos essa pausa o pensamento, a atenção e outras atividades cerebrais ficam mais intensas ao retomar o trabalho e, consequentemente, teremos resultados mais efetivos! É um antagonismo comprovado na vida de quem respeita seus limites e tem consciência de sua produtividade. Realizar interrupções aquieta a mente e permite enxergar as coisas com mais clareza.

Entretanto, não confunda pausa com procrastinação. Ser produtivo significa ser consciente e, para ser consciente, temos que alterar hábitos. Ficar conectado às redes sociais ou atualizando seu e-mail a cada cinco minutos, são os grandes vilões, são pausas improdutivas. Estar ocupado, definitivamente, não é sinal de produtividade.

Fazer pequenas mudanças em velhos costumes dará um up na sua eficiência e mais energia para o seu dia profissional. Desconecte-se pelo menos 10 minutos após trabalhar 90 minutos; feche as abas do seu navegador se não estiverem sendo usadas ou guarde o celular. Tenha certeza que se sentirá revigorado e recarregado depois de um intervalo saudável. Assim, o foco virá naturalmente.

Essa nova postura te ajudará a manter o foco na empresa e a formar companhias mais bem-sucedidas, com muito mais satisfação pessoal e engajamento! E como diz um provérbio Zen, “você deveria meditar vinte minutos por dia, a menos que esteja muito ocupado. Nesse caso, deve meditar por uma hora”.

ver EXAME
#produtividade
#carreira você sa
#whatsapp