Maioria das brasileiras afunda na bolsa de Nova York

Photo of Maioria das brasileiras afunda na bolsa de Nova York
Facebook
VKontakte
share_fav

São Paulo – Entre as 30 empresas brasileiras na bolsa de Nova York, apenas quatro acumulam valorização este ano. A Fibria é que tem melhor desempenho, as ADRs (American Depositary Receipt) da companhia já subiram 34,62%.

O segundo melhor desempenho entre as brasileiras na NYSE é da Braskem, com alta de 11,58%. Em seguida aparecem Vale e Gerdau, com alta acumulada de 10,04% e 2,27%, respectivamente.

No sentido oposto, o pior resultado entre as brasileiras é da Netshoes, com queda de mais de 72%. O IPO da companhia na NYSE ocorreu em abril do ano passado e a empresa levantou 238,9 milhões de dólares.

Confira o ranking completo abaixo. Os dados foram divulgados pela Economatica, provedora de informações financeiras, a pedido do site EXAME.

Empresa Ticker Retorno em 2018 (até agosto)
Fibria FBR 34,62%
Braskem BAK 11,58%
Vale VALE 10,04%
Gerdau GGB 2,27%
Petrobras PBR -0,28%
Brasilagro LND -2,65%
CPFL Energia CPL -7,63%
Cemig CIG -8,76%
Santander BDBR -10,76%
Cemig CIG.C -11,01%
Petrobras PRB.A -11,09%
CDN SID -11,43%
Pão de Açucar CDB -16,13%
Itaú Unibanco ITUB -18,89%
Embraer ERJ -20,58%
TIM TSU -25,06%
Bradesco BBD -26,07%
Ambev ABEV 28,07%
Bradesco BBDO -29,39%
Cosan CZZ -30,54%
Telefônica VIV -31,79%
Copel ELP -33,88%
Oi OIBR.C -38,37%
GOL GOL -40,75%
Sabesp SBS -41,39%
Ultrapar UGP -52,71%
Gafisa GFA -53,25%
BRF BRFS -57,64%
Netshoes NETS -72,78%
ver EXAME
#itaú
#tim
#pão de açúcar
#braskem
#bradesco
#adr
#netshoes
#mercados
#nova york
#petrobras
#embraer
#fibria