Gonzalo Justiniano: “Tem gente que tem medo da memória”

Photo of Gonzalo Justiniano: “Tem gente que tem medo da memória”
Facebook
VKontakte
share_fav

O bairro de La Victoria, em Santiago do Chile, foi um foco de resistência à ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990). Ali, viviam famílias desestruturadas pelo regime –crianças sem pais, mães sozinhas, avós sem os netos, peças avulsas de uma mesma família –mas combativas no enfrentamento aos militares. O local é escolhido por um missionário norte-americano, Samuel (Daniel Contesse), no início dos anos 80, para “levar a palavra de Deus e a esperança”. Mas, no meio do caminho, ele se apaixona por uma das principais guerrilheiras do local, Gladys (Nathalia Aragonese), ou francesinha, seu nome de guerrilha.

ver El País
#ceará
#história contemporânea
#história
#fortaleza
#cinema latino-americano
#ditadura militar
#filmes
#ditadura pinochet
#chile
#cinema
#ditadura
#américa
#américa do sul
#brasil
#américa latina
#política