Qualcomm quer conhecer os esquemas técnicos dos chips da Intel utilizados em iPhones

Photo of Qualcomm quer conhecer os esquemas técnicos dos chips da Intel utilizados em iPhones
Facebook
VKontakte
share_fav

Se a mixórdia entre Apple e Qualcomm já estava longe de acabar, a maior fornecedora de chips mostra que está disposta a prolongar ainda mais essa batalha judicial, que já envolveu até mesmo os consumidores da Maçã. No meio desse fogo cruzado, não é a primeira vez que a Qualcomm parece se incomodar com o estreitamento dos laços entre a Apple e a Intel — que, teoricamente, será responsável por 70% da produção de modems dos próximos iPhones.

Dessa vez, a Qualcomm afirmou que a Intel não cumpriu com a promessa de fornecer documentos sobre os componentes utilizados em modems dos iPhones mais recentes, que podem ser relevantes para as provas da Qualcomm referentes a violação de patentes, conforme divulgou o The Register.

Assim, a empresa entrou com mais uma ação no estado da Califórnia para forçar a Intel a entregar esse documentos relacionados aos componentes utilizados ou planejados para os iPhones produzidos a partir de 2016. Embora a Intel tenha fornecido esses documentos para os anos de 2016 e 2017, a empresa é acusada de não fornecer detalhes sobre peças que podem ser usadas no hardware dos dispositivos deste ano. Nesse sentido a Intel informou que, por razões óbvias, não pode fornecer informações de componentes relacionados a “produtos futuros e inéditos” como os próximos iPhones.

Para a Qualcomm, esse argumento não é válido, e ela apontou que a Intel não só divulgou como já comercializou tais componentes supostamente “inéditos” na atualização da linha de iPads em março passado. A gigante fornecedora de chips reclamou, ainda, que a Intel se recusa a cumprir uma intimação para dar um depoimento sobre esses componentes, associado à entrega dos documentos. A Intel, por sua vez, alega que a demanda é muito grande e que algumas pessoas não vivem nos EUA para poder dar esse depoimento.

Essa é a ação mais recente da longa disputa entre Apple e Qualcomm, que originalmente envolve o suposto pagamento de royalties exacerbado pela Apple para utilizar os componentes da Qualcomm em seus aparelhos.

Será que tudo vai acabar em pizza?

Em uma nota relacionada, é possível que Qualcomm e Apple esqueçam as mágoas do presente para começar a pensar no futuro. De acordo com o DigiTimes, os modems com tecnologia 5G que deverão equipar os futuros iPhones reaproximará o trabalho entre as duas companhias, já que seria muito arriscado para a Apple apostar em uma nova empresa (como a MediaTek) ou depender da Intel (que enfrentou problemas no desenvolvimento desses modems) — enquanto isso, a Qualcomm já possui uma solução de chip com essa tecnologia e uma presença muito forte em vários países.

Ainda assim, fontes da cadeia de fornecimento da Apple disseram que ainda é muito cedo para afirmar se a companhia vai ou não retomar uma grande adoção de chips da Qualcomm. Só saberemos mesmo com o tempo e com os indícios do início da produção de iPhones compatíveis com a tecnologia 5G — que, por sinal, a Apple já recebeu autorização para testar.

via AppleInsider

ver Mac Magazine
#telefonia
#qualcomm
#produção
#processo
#ação
#iphones
#ipads
#intel
#royalties
#batalha judicial
#modem
#gadgets
#apple vs qualcomm
#componente
#tecnologia
#apple
#hardware