‘Desumano’: grupo tira selfies ao invés de ajudar em acidente

Photo of ‘Desumano’: grupo tira selfies ao invés de ajudar em acidente
Facebook
VKontakte
share_fav

Selfie na Índia diante de acidente

Enquanto vítimas de um acidente horrível estavam morrendo na estrada, um grupo de espectadores se reuniu ao redor – mas ao invés de ajudar eles começaram a tirar vídeos e selfies.

Os três homens, com idades entre 25 e 30 anos, estavam andando de moto no Rajastão, na Índia, quando foram atropelados por um ônibus escolar. Um dos homens morreu instantaneamente, mas os outros dois se contorceram em agonia por quase 30 minutos enquanto o grupo tirava fotos de seus momentos de morte, de acordo com o The Telegraph India.

Fotos e vídeos do horrível incidente circularam nas mídias sociais, com um clipe mostrando os homens feridos deitados em poças de sangue e implorando por ajuda, enquanto cerca de uma dúzia de homens estava ao redor deles.

As vítimas foram posteriormente identificadas como Parmanand, Gemra Ram e Chandra Prakash.

A polícia local condenou o comportamento dos homens dizendo que nenhuma tentativa foi feita para ajudar as vítimas ou transportá-las para o hospital.

Quando os serviços de emergência finalmente chegaram, os dois homens que ainda estavam vivos, Gemra Ram e Chandra Prakash, foram levados para o hospital.

Infelizmente, os dois homens sucumbiram aos ferimentos, com um homem morrendo no caminho e outro no hospital.

A polícia disse que se a ajuda tivesse sido convocada mais cedo, os dois poderiam ter sobrevivido.

“Eles ficaram desacompanhados por quase meia hora. Um morreu no local, outro em um hospital e o terceiro a caminho de Jodhpur, de Barmer ”, disse Manohar, policial local, à publicação.

“Foi desumano. Aqueles que estavam presentes deveriam tê-los ajudado, mas um deles estava ocupado fazendo um vídeo de selfie”, completou.

Pessoas no Twitter atacaram os homens que tiraram selfies e pediram que eles fossem responsabilizados por suas ações cruéis.

ver Virgula
#selfie
#india
#inacreditável
#acidente
#mortes