65 dias sem ela: submetralhadoras da Polícia do Rio somem

Photo of 65 dias sem ela: submetralhadoras da Polícia do Rio somem
Facebook
VKontakte
share_fav

Em 2011, durante um recadastramento do acervo de armas da Polícia Civil do Rio de Janeiro, foi constatado que cinco delas desapareceram. Com informações do telejornal RJTV, ao todo, 60 armas pertenciam a Civil e 11 ao Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

O modelo HK MP-5 das submetralhadoras perdidas é semelhante à arma usada na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Como divulgado pelo portal The Intercept na quarta (16), a Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro (DH-Rio), investiga que o assassino de Marielle e Anderson possa ser um caveira do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), com base no depoimento feito por uma testemunha do caso.

A DH-Rio irá analisar todas as submetralhadoras HK MP-5 do BOPE e da Civil, para exames de comparação balística. A Polícia Civil ainda não se manifestou sobre o desaparecimento das armas.

Siga a VICE Brasil no , Twitter, Instagram e YouTube.

ver Vice Brasil
#bope
#assassinato
#rio de janeiro
#crime
#brasil
#marielle franco