Apple, Google, Microsoft, Facebook, Dropbox e outras reforçam posição contra backdoor sugerido pelo FBI

Photo of Apple, Google, Microsoft, Facebook, Dropbox e outras reforçam posição contra backdoor sugerido pelo FBI
Facebook
VKontakte
share_fav

Talvez você nunca tenha ouvido falar da Reform Government Surveillance, mas sua importância é inegável: trata-se de uma coalizão de empresas de tecnologia que inclui Apple, Google, Microsoft, Facebook, Dropbox e muitas outras e têm como objetivo lutar pela integridade dos sistemas operacionais e serviços online ante a pressão das agências legais dos Estados Unidos, com sua rotineira pressão por acesso ilimitado aos dados e arquivos dos usuários.

Agora, o grupo está lançando mais um comunicado reforçando sua posição defendendo a privacidade e a integridade dos dados dos usuários, especialmente no que se refere à criptografia dessas informações. A declaração foi motivada pela notícia de que o FBI e o Departamento de Justiça (Department of Justice, ou DoJ) dos EUA estariam preparando uma nova série de propostas para que as empresas criem backdoors nos seus sistemas e plataformas, permitindo que agências governamentais possam contornar medidas de segurança e chaves de criptografia a fim de ter acesso às informações dos cidadãos, que, obviamente, devem ser privativas.

Mais precisamente, o FBI estaria interessado numa tecnologia que geraria uma chave especial só para eles e as demais agências governamentais todas as vezes que um dispositivo ou conjunto de dados fosse criptografado; tal chave ficaria guardada localmente em um lugar separado para uso somente quando necessário. O problema, naturalmente, seria que nós não fazemos a mínima ideia do que o FBI considera como “necessário” — isso sem falar na possibilidade de uma ferramenta dessas cair em mãos erradas e causar um desastre de segurança virtual em escala global sem precedentes.

Em resposta às ações, o grupo soltou o seguinte comunicado:

A Reform Government Surveillance recentemente anunciou um novo princípio básico de criptografia que vai guiar nossos esforços de apoio, e nós continuamos a acreditar que uma criptografia forte ajuda a proteger a segurança e a privacidade de indivíduos e empresas ao redor do mundo. Nós temos consistentemente levantado questões sobre propostas que tirariam a efetividade da criptografia de dispositivos e serviços ao exigir um chamado “acesso especial” para forças da lei. Notícias recentes descrevem que as novas propostas sugerem a criação de vulnerabilidades nos dispositivos e serviços — mas elas parecem sofrer dos mesmos problemas técnicos e de design que os pesquisadores de segurança vêm identificando há anos. Diminuir a segurança e a privacidade trazida pela criptografia não é a resposta.

É, certamente essa briga ainda vai looooonge…

via 9to5Mac

ver Mac Magazine
#grupo
#privacidade
#espionagem
#criptografia
#fbi
#nsa
#segurança
#governo
#microsoft
#facebook
#google
#software
#tecnologia
#apple