Zuckerberg acha “inevitável” mudança na lei de proteção de dados

Photo of Zuckerberg acha “inevitável” mudança na lei de proteção de dados
Facebook
VKontakte
share_fav

O escândalo da Cambridge Analytica, a utilização maciça de dados de usuários do Facebook com fins eleitorais, resultou até agora em um corretivo para a rede social na Bolsa, um depoimento histórico de seu fundador, Mark Zuckerberg, perante o Congresso dos EUA e muito barulho na opinião pública. A questão é se o enésimo conflito sobre a privacidade dos internautas motivará uma regulação mais dura, inspirada na que a União Europeia acaba de apresentar. Zuckerberg admitiu nesta quarta-feira que será “inevitável” a implantação de novas normas, mas em seguida acrescentou: é preciso que as autoridades sejam “cuidadosas” com a regulação proposta, uma ressalva que, vinda de um empresário, costuma significar que a regra não seja agressiva.

ver El País
#redes sociais
#eleições eua 2016
#eleições eua
#casa branca
#moscou
#kremlin
#eleições presidenciais
#governo
#telecomunicações
#europa
#facebook
#internet
#europa leste
#empresas
#eleições
#administração estado
#américa do norte
#casos judiciais
#administração pública
#américa
#estados unidos
#trama russa
#incidentes eleições
#economia