Artistas do metal e hardcore de Boston relembram Caleb Scofield, do Cave In

Photo of Artistas do metal e hardcore de Boston relembram Caleb Scofield, do Cave In
Facebook
VKontakte
share_fav

Matéria originalmente publicada no Noisey US.

O vídeo de um terrível acidente automobilístico em um pedágio de New Hampshire viralizou na semana passada, causando uma onda de simpatia para com a família da vítima.

Mas para as cenas metal e hardcore de Boston, a morte de Caleb Scofield foi mais do que uma terrível tragédia de um anônimo gravada em vídeo. Foi-se um irmão, um parceiro de turnês e um dos principais membros de uma banda que deu as bases para que uma onda de bandas bem-sucedidas de metalcore que surgiu de Massachusetts nos últimos 20 anos.

"Eles foram uma grande influência pra nossa banda. Dá pra sacar em nossas músicas"”, disse o vocalista do Unearth, Trevor Phipps. "Especialmente com Ken fazendo os vocais limpos em nossas canções. É uma influência direta do Cave In. Eles eram pesados, hardcore e metal, mas ao mesmo tempo tinham aquelas passagens atmosféricas cantadas. Era isso que queríamos em nossa música. Eles meio que inventaram isso e colocaram no metal e hardcore, é uma influência que faz parte da gente até hoje, assim como material pesado deles."

Scofield entrou no Cave In em 1998, quando a banda estava prestes a lançar seu disco de estreia, um verdadeiro marco, intitulado Until Your Heart Stops pela Hydra Head, influente selo underground de Boston fundado por Aaron Turner, do Isis. A banda, que efetivamente lançou o disco em 1999, contou com a produção de Kurt Ballou, do Converge, e é considerada pioneira ao misturar elementos de hardcore, metal, punk e progressivo com músicas que batiam na casa dos 13 minutos.

A banda, que também contava com o guitarrista/vocalista Stephen Brodsky, baterista John-Robert Conners e guitarrista Adam McGrath, levou seu experimentalismo a outro nível com o aclamado disco de 2000, Jupiter, que ia ainda mais fundo nas influências psicodélicas, sendo eleito o segundo melhor disco de metal dos anos 2000 pela revista Decibel.

“O Cave In inovou ao juntar estilos até então inéditos àquela época: metal, hardcore, melodias e climas”, disse Zack Wells, guitarrista do supergrupo de metal de Massachusetts Death Ray Vision, com integrantes de bandas como Shadows Fall, Killswitch Engage, Overcast e Cannae. “Hoje é comum, mas na época era algo novo e empolgante, e pra mim continuam assim até hoje. Eles também são uma das poucas bandas que foram capazes de evoluir e mudar seu som ao longo do tempo, sem perder sua essência. Por mais que seja uma banda elogiada, ainda acho que sua influência na música pesada é subestimada."

Brian Fair, vocalista do Shadows Fall, compartilhou muitos palcos com o Cave In e Scofield ao longo dos anos e disse ter ficado “profundamente entristecido” com a notícia. O Shadows Fall, que chegou a ser indicado ao Grammy, surgiu na cena de Massachusetts poucos anos após o Cave In e Fair terem mudado sua visão do gênero como um todo.

“Enquanto banda eles sempre estiveram anos-luz a frente e sempre me inspiraram a imaginar a música pesada a partir de diferentes ângulos”, disse Fair, que também atuou como frontman de bandas como Overcast, Death Ray Vision, e mais recentemente, Downpour. “Sua voz era monstruosa, seu baixo e estilo únicos. Meus sentimentos à família e amigos, sua música continuará inspirando. Que descanse em paz”.

"Sua voz era monstruosa, seu baixo e estilo únicos."

Scofield também era integrante do Zozobra e outra superbanda de Massachusetts, o Old Man Gloom, com Turner e Nate Newton do Converge e Doomriders.

O baixista do Clouds, Johnny Northrup, que ensaiou no mesmo lugar do Cave In por muitos anos e até substituiu Scofield em vários projetos paralelos do Cave In, disse: “Gostava muito dele como pessoa e o admirava enormemente como baixista”.

“Sempre senti que Caleb dava o seu máximo na música e era isso que o fazia tão especial”, comentou ainda. “Quando você conversava com ele, era um cara tão esperto e engraçado. Não consigo acreditar que nunca mais vou entrar num estúdio ou casa de show ou só encontrar ele por aí, encostado na parede, só esperando falar algo que faria todo mundo cair na gargalhada. É uma perda enorme para muitos de seus amigos, irmãos, irmãs e parceiros."

“Sempre senti que Caleb dava o seu máximo na música e era isso que o fazia tão especial”

Guy Kozowyk, vocalist do The Red Chord relembra: “Quando íamos a shows em Massachusetts nos anos 90, o Cave In era tipo a realeza. A energia dos caras ao tocar em palcos grandes e pequenos e seu som único resultou na minha fascinação por música underground. Quando Caleb começou a cantar mais, ele tinha um vozeirão gigantesco. Meu coração está em pedaços por seus amigos e familiares."

Mark Vieira, assessor de imprensa do metal, nativo de Boston, comentou: “Ele era uma pessoa muito boa e tinha um talento gigantesco. A notícia de seu falecimento foi devastadora."

"Ele tinha um vozeirão gigantesco."

Dave Tree, vocalista do See This World e da seminal banda de hardcore Tree, lembra de ter visto o Cave In pela primeira vez no lendário Middle East em Cambridge, quando davam seus primeiros passos para além do underground de Massachusetts.

“O Cave In veio do nada e de repente estouraram”, lembra Tree. “Eles não se prendiam a uma coisa só. Eles rompiam com tudo e continuavam a desafiar as pessoas com sua música, o que é assumir um puta risco, e deu certo. É uma merda, sinto muito por sua família e seus colegas de banda."

Tree também comenta de um show que viu do Old Man Gloom no Great Scott em Boston e como se impressionou com o peso do som.

“Eles eram a ponta de lança daquela cena do oeste de Massachusetts. Ao ouvir Converge e Cave In você percebe que são bandas bem diferentes. Sua música era bastante emotiva”, disse Tree. “Ele deixou um grande legado musical para trás."

“Ele deixou um grande legado musical para trás.”

Scofield, 39, deixa sua esposa Jen e dois filhos, Sydney, de sete anos e Desmond, de 10. Nascido em New Hampshire, Scofield cresceu em Pembroke e conheceu sua esposa em Boston. A família morou em Los Angeles por muitos anos, mas voltou a Boston em 2010 e residia em Bow, New Hampshire desde 2014.

Seu funeral e velório foram realizados na última quarta (4) em Concord, New Hampshire. Um fundo de auxílio foi criado para a família e doações podem ser feitas nesta página do Youcaring. A Hydra Head e o lucro das vendas irá para a família de Scofield.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no e Twitter.
Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#boston
#cave in
#old man gloom
#zozobra
#hydra head
#caleb scofield
#death ray vision
#shadows fall