10 países onde os imigrantes são mais felizes

Photo of 10 países onde os imigrantes são mais felizes
Facebook
VKontakte
share_fav

Levantamento histórico sobre o estado de felicidade global, o “The World Happiness Report”, elaborado pelo Gallup World Poll, classifica 156 países por seus níveis de felicidade. A edição divulgada este ano, que tem como base os resultados de pesquisas realizadas entre 2015-2017, estendeu seu foco para analisar a situação dos imigrantes de 117 países.

LEIA MAIS: Os 20 países onde as pessoas são mais felizes

Talvez a descoberta mais notável de todo o relatório seja a similaridade dos níveis de felicidade entre os cidadãos naturais dos países e os imigrantes. No caso dos últimos, o relatório reuniu dados de 2005 a 2017, o suficiente para ter mais de uma centena de países com mais de 100 imigrantes entrevistados em cada um deles. A Finlândia está no topo dos dois rankings.

A felicidade dos imigrantes, assim como dos nascidos localmente, depende de uma série de características sociais: renda, expectativa de vida saudável, apoio social, liberdade, confiança e generosidade. Porém, quando se considera o nível de aceitação dos imigrantes, é possível identificar que, quanto maior ele é, maior é a felicidade – tanto de estrangeiros quanto dos nativos.

O relatório termina com uma abordagem diferente ao abordar três problemas emergentes de saúde que ameaçam a felicidade: obesidade, crise de opioides e depressão. Embora definida em um contexto global, a maioria das evidências e discussões foram focadas nos Estados Unidos, onde a prevalência dos três problemas tem crescido mais rapidamente do que na maioria dos outros países.

Veja na galeria de fotos, os 10 países onde os imigrantes são mais felizes:

O post 10 países onde os imigrantes são mais felizes apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#felicidade
#imigrantes
#listas