Colaborador de vereador ouvido em caso Marielle é morto no Rio

Photo of Colaborador de vereador ouvido em caso Marielle é morto no Rio
Facebook
VKontakte
share_fav

De acordo com o jornal Extra, testemunhas relataram que antes de disparar contra Alexandre os pistoleiros disseram que era preciso “calar a boca dele”, um indicativo de que o assassinato seria queima de arquivo - ou de assim fazer crer. Uma das linhas de investigação apura a relação do colaborador com grupos milicianos e com o vereador Siciliano. O parlamentar divulgou nota lamentando a morte de Alexandre. "Foi com grande pesar que recebi a notícia de falecimento do nosso colaborador Carlos Alexandre Pereira. Durante o tempo em que esteve conosco ele fez tudo pela sua localidade e estava sempre disponível para ajudar no que fosse necessário. Eu me solidarizo com a dor dos familiares e amigos", disse.

ver El País
#psol
#crime organizado
#delinquência
#segurança pública
#estado rio de janeiro
#ministérios
#defesa
#intervenção federal
#milícias rio de janeiro
#segurança civil
#governo
#governo brasil
#violência
#administração estado
#administração pública
#américa
#justiça
#rio de janeiro
#américa do sul
#brasil
#ordem pública
#américa latina
#política
#marielle franco