Tudo o que sabemos sobre os padres acusados de desviar dinheiro em Goiás

Photo of Tudo o que sabemos sobre os padres acusados de desviar dinheiro em Goiás
Facebook
VKontakte
share_fav

Quatro padres, um monsenhor e funcionários do administrativo da Igreja Católica de Posse, em Goiás, foram presos na segunda-feira (19) pelo Ministério Público (MP). A investigação apura desvios de recursos da igreja.

A operação “Caifás” conta com nove mandados de prisão e dez de busca e apreensão nas cidades de Formosa, Planaltina e Posse, interior de Goiás. Um mosteiro está sendo investigado, segundo o G1.

O MP-GO suspeita que cerca de R$ 2 milhões desviados, originalmente de dízimos, doações e arrecadações, estejam sob o domínio de uma associação criminosa. Escutas telefônicas feitas pela Justiça apontam que o grupo comprou uma fazenda e uma lotérica.

Fiéis denunciaram em 2017, ao desconfiarem do aumento do gasto da paróquia e as igrejas coligadas, após Dom José Ronaldo ter assumido o comando. Dom José foi preso e nega as acusações.

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#padres
#igreja católica
#goiás
#brasil
#polícia