Enfim, o futebol começa a ouvir o grito das mulheres de arquibancada

Photo of Enfim, o futebol começa a ouvir o grito das mulheres de arquibancada
Facebook
VKontakte
share_fav

A iniciativa do Atlético ao lançar a campanha “Não se cale”, entretanto, contrasta com o silêncio adotado pelo clube meses atrás, quando Robinho, então jogador da equipe, recebeu uma condenação em primeira instância na Itália por estupro. Na época, dirigentes alvinegros se eximiram de dar declarações sobre o caso e chegaram até a negociar a renovação de contrato do atacante, que acabou indo para o Sivasspor, da Turquia. Em 2016, as mesmas torcedoras que organizaram um protesto contra o clube e o jogador já haviam se indignado com o tom machista do desfile de lançamento do uniforme. Na ocasião, o Galo utilizou modelos de biquíni ao apresentar a camisa para a temporada.

ver El País
#feminismo
#violência gênero
#sexismo
#direitos mulher
#relações gênero
#atlético mineiro
#machismo
#igualdade
#cruzeiro
#dia internacional da mulher
#violência esportiva
#movimentos sociais
#eventos
#preconceitos
#violência
#problemas sociais
#américa
#mulheres
#futebol
#américa do sul
#brasil
#esportes
#times esportes