Diferentes países, um mesmo grito contra a desigualdade

Photo of Diferentes países, um mesmo grito contra a desigualdade
Facebook
VKontakte
share_fav

Motivos para a mobilização não faltam. No ritmo atual, levará cem anos para acabar com a disparidade entre homens e mulheres, de acordo com dados do Fórum Econômico Mundial. Um século para alcançar a igualdade de gênero no trabalho, na política, no acesso à educação, na distribuição das tarefas domésticas. Dados que, junto com a pandemia de violência contra as mulheres, estimulam um movimento mundial contra a discriminação e o machismo que nesta quinta-feira, 8 de março, às ruas. É o ano da ressaca do #Metoo, que mostrou a muitos o flagelo do machismo, mas que também revigorou os movimentos das mulheres.

ver El País
#feminismo
#sexismo
#direitos mulher
#relações gênero
#machismo
#emprego feminino
#dias mundiais
#dia internacional da mulher
#movimentos sociais
#trabalho
#eventos
#emprego
#méxico
#preconceitos
#problemas sociais
#américa
#espanha
#mulheres
#américa do sul
#brasil
#américa latina
#política
#huelga feminista 8 de marzo