“O machismo tem bases biológicas”, diz Julia Fischer, primatologista

Photo of “O machismo tem bases biológicas”, diz Julia Fischer, primatologista
Facebook
VKontakte
share_fav

Nas savanas do Parque Nacional de Niokolo-Koba, no Senegal, a alemã Julia Fischer e sua equipe acompanham desde 2007 um grupo de 180 babuínos-da-Guiné em liberdade. São macacos de 15 quilos, pelo vermelho, rosto violeta e focinho de cachorro. E seu comportamento social é peculiar: as fêmeas escolhem um macho de sua preferência e já não copulam com nenhum outro. Enquanto isso, os machos esperam ser escolhidos por uma ou várias fêmeas e copulam com todas elas. São, segundo Fischer, uma das maiores especialistas mundiais no estudo das capacidades mentais de macacos, “um modelo intrigante à reconstrução da evolução social humana”.

ver El País
#comportamento animal
#primatas
#machismo
#meio ambiente
#ciência