Bobsled brasileiro termina primeiro dia em 25º lugar e se distancia do top 20

Photo of Bobsled brasileiro termina primeiro dia em 25º lugar e se distancia do top 20
Facebook
VKontakte
share_fav

No penúltimo dia de Jogos Olímpicos de Inverno, o quarteto brasileiro de Bobsled fez sua primeira participação na prova 4-man que lhes deu a 25ª posição, faltando ainda a 3ª e última descida, que acontece no domingo, em PyeongChang. A soma conquistada pelas duas primeiras descidas foi de 1min39s69 e, agora, os brasileiros precisam recuperar 0.59 segundos para tentar buscar o top 20 e a chance de ter uma quarta descida.

Quarteto ainda tenta melhora o tempo (Foto: Divulgação/COB)

O quarteto brasileiro é formado por Edson Bindilatti, Edson Martins, Odirlei Pessoni e Rafael Souza. O primeiro tempo do dia do trenó brasileiro foi de 49s75, alcançando 133,8km/h. O segundo, com a pista mais deteriorada, foi de 49s9.

“Fico chateado porque fizemos um bom push e uma boa pilotagem, mas o trenó não andou da forma como esperávamos. Temos que ajustar as lâminas para a terceira descida e fazer um bom trabalho amanhã (domingo). Andamos bem durante todo o treinamento, ficamos sempre entre os 20 primeiros. Temos que manter a esperança”, afirmou Bindilatti.

“A classificação para a bateria final ficou mais difícil, mas somos brasileiros e não podemos desistir. Se as outras equipes falharem amanhã (domingo), nós pegaremos essa vaga”, disse o carioca Rafael Souza, único da equipe brasileira que está estreando nos Jogos Olímpicos em PyeongChang. “Agora posso dizer que sou um atleta olímpico. Apesar de não ter sido uma boa estreia hoje (sábado), não estamos derrotados. Sabemos que, por nossa condição, temos equipe para estar entre os 20”, disse Rafael.

A terceira chance da equipe voltar à pista do Alpensia Sliding Centre a partir das 21h30 de sábado, do Brasil, manhã de domingo na Coreia.

O post Bobsled brasileiro termina primeiro dia em 25º lugar e se distancia do top 20 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#bobsled
#jogos olímpicos de inverno
#mais esportes