As marroquinas abandonadas pelos maridos depois da mastectomia

Photo of As marroquinas abandonadas pelos maridos depois da mastectomia
Facebook
VKontakte
share_fav

Fátima foi diagnosticada com câncer de útero em 2015. Poucas semanas depois, o marido pediu sua autorização por escrito para se casar com outra. O código de família marroquino (Mudawana), aprovado em 2004, permite a poligamia, mas determina que deve haver o consentimento da primeira esposa. Fátima, nome fictício da mulher de 62 anos que aparece no centro da foto, não queria assinar. Mas o marido dizia que precisava de uma esposa para cuidar dele, do gado e da casa.

ver El País
#doenças
#marrocos
#áfrica
#direitos mulher
#relações gênero
#câncer
#medicina
#magrebe
#câncer mulheres
#saúde
#sociedade
#mulheres