Entre empregadas domésticas e bancários, bitcoin tem dobro de investidores no Brasil do que a Bolsa

Photo of Entre empregadas domésticas e bancários, bitcoin tem dobro de investidores no Brasil do que a Bolsa
Facebook
VKontakte
share_fav

Já faz alguns meses que a empregada doméstica Benedita Prado, de 48 anos, começou a se familiarizar com a palavra bitcoin. No círculo familiar e de amigos não eram poucas as pessoas que contavam estar investindo na moeda criptografada. "Para ser sincera, eu entendo mais ou menos o que é o bitcoin, só sei que ele rende muito mais do que a poupança. Mas sei que é arriscado, é como se fosse jogar na loto. Sei que podemos perder tudo", explica Benedita, que junto com o marido resolveu investir 4.000 reais em bitcoins. "Resolvi tirar um dinheiro da minha poupança que não estava rendendo nada. Até agora está dando tudo certo" , conta.

ver El País
#banco central do brasil
#banca
#moeda
#medios de pago
#comércio eletrônico
#pagamentos on-line
#moeda eletrônica
#telecomunicações
#comunicações
#bancos
#comércio
#internet
#finanças
#dinheiro
#américa