“Por mais brutal que pareça, creio que todos temos aquilo que merecemos”

Photo of “Por mais brutal que pareça, creio que todos temos aquilo que merecemos”
Facebook
VKontakte
share_fav

Em O Espírito dos Meus Pais Continua a Subir na Chuva, o escritor argentino Patricio Pron (Buenos Aires, 1975) cria um quebra-cabeça literário. O livro, publicado originalmente em 2011 e que agora ganha tradução para o português pela editora Todavia, é, em certa medida, uma narrativa pessoal e também um romance transversal e moral que busca compreender a história de seus pais, a sua própria e a do seu país. O protagonista, um escritor jovem e hipocondríaco, volta à Argentina porque seu pai, um antigo jornalista e militante político, está morrendo. No regresso, o personagem acaba encontrando também o passado de desaparecimentos e assassinatos imposto pelo regime militar entre 1976 e 1983. Pron, ele próprio, é filho de ex-militantes de esquerda e hoje vive em Madri, onde escreve para o EL PAÍS.

ver El País
#literatura
#história contemporânea
#história
#ditadura argentina
#ditadura militar
#escritores
#ditadura
#argentina
#gente
#américa
#sociedade