Pesquisa: usuários de iPhones e iPads gastaram US$11,5 bilhões em apps só no quarto trimestre de 2017

Facebook
VKontakte
share_fav
App Store brasileira no iPad Pro

Não é possível mais imaginar um mundo sem aplicativos e lojas de apps. Cada vez mais, eles nos cercam por todos os lados e, a cada dia, mais e mais desenvolvedores vão se formando. Tudo isso, é claro, contribui para um crescimento bastante grande, ano a ano, e que muito provavelmente não vai mais parar.

A App Annie, uma das maiores firmas de estatísticas referentes ao mundo dos aplicativos de smartphones, registrou os números do quarto trimestre de 2017 das duas lojas mais badaladas, a App Store e o Google Play, e publicou tudo ainda ontem.

App Annie gastos consumidores

Em relação especificamente às receitas geradas por aplicativos, a firma percebeu que houve um crescimento ano a ano de 20% para ambas as lojas de apps. E, como já poderíamos prever (com base em outras pesquisas que revelaram os números do ano passado), a receita gerada pelos aplicativos na App Store foi muito maior que a do Google Play: usuários do iOS gastaram cerca de US$11,5 bilhões em aplicativos somente no quarto trimestre do ano passado, enquanto aqueles que utilizam a loja de apps no Android gastaram 2x menos.

Os países que contribuíram bastante com esses números foram os Estados Unidos (o que mais cresceu), sendo seguido por Taiwan (iOS) e Coreia do Sul (Google Play — terra da Samsung, não podemos esquecer); em terceiro ficou a Alemanha, com bom desempenho nas duas lojas.

Já em se tratando de downloads, a história — como de praxe — muda drasticamente: o Google Play obteve 19 bilhões de downloads somente no último trimestre, o que é 145% maior do que o número do iOS. Os países que contribuíram com o crescimento ano a ano de 10% da loja de apps do Android foram a Índia, a Indonésia e — muito previsível — o nosso Brasil. Aliás, a Índia conseguiu a façanha de superar os EUA em downloads combinados do iOS e do Android pela primeira vez no quarto trimestre.

A firma ainda contou que, mundialmente, as categorias de aplicativos que mais cresceram foram “Jogos”, “Finanças” e “Personalização”. A categoria “Finanças” também ficou em segundo lugar no iOS, mostrando que realmente as pessoas estão buscando mais interações financeiras, bancárias, apps de investimento, interesse em criptomoedas e coisas do tipo.

App Annie downloads

Bem, é aquela velha história: o ano passa, os trimestres mudam, mas a App Store continua à frente quando se trata de receita gerada pelos apps; em downloads, quem lidera é o Google Play. Os números aumentam e quem sai ganhando mesmo são os desenvolvedores (e as próprias lojas, é claro). </div></div><div class=ver Mac Magazine

#aplicativos
#app store
#ios
#android
#desenvolvedores
#google play
#desenvolver
#app annie
#receita
#jogos
#pesquisa
#software
#dinheiro
#apple
#app