Justiça do DF proíbe Lula de deixar o Brasil horas depois de condenação do TRF-4

Photo of Justiça do DF proíbe Lula de deixar o Brasil horas depois de condenação do TRF-4
Facebook
VKontakte
share_fav

Tudo isso aconteceu pouco depois de Lula dizer: “Eu aceito!”. Foi com estas palavras, ditas nesta quinta-feira na sede da Central Única dos Trabalhadores, em São Paulo, o ex-presidente selou sua pré-candidatura ao Planalto. Para uma plateia composta por todo o estado-maior do PT e 300 militantes ansiosos para ver o matrimônio se consumar, Lula disse “não respeitar” a decisão dos desembargadores, a quem acusou de agir como um “cartel” para condená-lo por três votos a zero. Manter o nome do ex-presidente é uma aposta arriscada para a legenda: apesar de liderar com folga as pesquisas de opinião, o petista pode ser preso dentro de alguns meses, após o TRF4 analisar seu último recurso, ou pode ser proibido de disputar devido à Lei da Ficha Limpa.

ver El País
#justiça federal
#eleições brasil
#eleições brasil 2018
#corrupção política
#gleisi hoffmann
#sérgio moro
#caixa dois
#força segurança
#empresas
#eleições
#financiamento ilegal
#operação lava jato
#trf 4 região
#caso petrobras
#partidos políticos
#américa
#subornos
#investigação policial