Lenda americana do automobilismo, Dan Gurney morre aos 86 anos

Facebook
VKontakte
share_fav

Dan Gurney faleceu aos 86 anos (Foto: Reprodução)

O automobilismo perdeu uma de suas lendas. Neste domingo, Dan Gurney faleceu aos 86 anos vítima de complicações relacionadas a uma pneumonia. O americano é considerado uma lenda do automobilismo por ter vencido quatro provas na Fórmula 1, além de somar triunfos na Indy, Le Mans e NASCAR.

Além destas conquistas, Gurney também fundou sua própria equipe, a All American Racers, usando o nome Eagle e vencendo o GP da Bélgica de 1967 em seu próprio carro. No total, o piloto venceu quatro dos 86 GPs que disputou na F1, na qual defendeu Ferrari, BRM, Porsche, Lotus, Brabham, Eagle e McLaren – foi ele que, inclusive, deu à Brabham sua primeira vitória na F1. Em 1967, Dan venceu as 24 Horas de Le Mans pela Ford com a AJ Foyt. Na Nascar, o piloto triunfou cinco vezes.

A carreira do norte-americano foi marcada ainda por pioneirismos em diversas áreas: ele foi o primeiro a usar o capacete que cobre o rosto todo, conquistou a primeira e única vitória da Porsche na F1, além de ter iniciado a tradição de espirrar o champanhe no pódio, após a vitória nas 24 Horas de Le Mans. Sua carreira na Indy resultou ainda na criação de um dispositivo aerodinâmico chamado de Gurney Flap (um pequeno apêndice perpendicular na ponta traseira da asa).

A morte de Gurney foi confirmada em um comunicado conjunto, assinado pela All American Racers, a esposa de Dan, Evi, e a família do piloto. “Com um último sorriso em seu belo rosto, Dan guiou rumo ao desconhecido antes do meio dia de hoje, 14 de janeiro de 2018. Com um profundo pesar, mas com gratidão em nossos corações pelo amor e alegria que você nos deu durante seu tempo nesta terra, desejamos que vá com Deus”.

De acordo com os desejos de Gurney, seu funeral será privado.

Equipes de automobilismo e diversos pilotos lamentaram a morte de Gurney. Pelo Twitter, a Fórmula 1 também prestou suas homenagens: “Ele era tão amado, que queriam que ele concorresse à presidência. Dan Gurney foi um verdadeiro herói na F1”.

ver Gazeta Esportiva
#fórmula 1
#le mans
#indy
#nascar
#motor
#mais esportes
#dan gurney