Carrie Brownstein transformará seu livro de memórias em uma série riot grrrl

Photo of Carrie Brownstein transformará seu livro de memórias em uma série riot grrrl
Facebook
VKontakte
share_fav

Esta matéria foi originalmente publicada no i-D US.

A última temporada de Portlandia vai ao ar na semana que vem. Droga! Mas por sorte, a Carrie Brownstein está fazendo com que a vida — ou pelo menos a televisão — não esteja desprovida de sua presença por muito tempo. De acordo com o Deadline, Brownstein está desenvolvendo uma nova série do Hulu baseada em seu muito honesto livro de memórias Hunger Makes Me a Modern Girl, de 2015.

A nova empreitada se chama Search and Destroy, e é descrita como uma série "sobre uma mulher jovem, uma banda, e uma comunidade aprendendo a perder o medo de seu próprio barulho." Dado que Brownstein está escrevendo e dirigindo a série, você provavelmente pode esperar que seja um baita sucesso. Hunger Makes Me a Modern Girl é um livro de memórias sobre amadurecimento que evita todos os clichês de diário de roqueiro por aí. É tanto um mergulho profundo na cena de início do punk feminista quanto um acerto de contas com os demônios pessoais da autora.

2018 deve ser um ano atarefado para Brownstein. Tendo estreado como diretora com um curta metragem para a Kenzo no ano passado, a riot grrrl está, no momento, dirigindo seu primeiro longa metragem, Fairy Godmather: uma versão de humor negro de Cinderela. Brownstein também revelou numa entrevista para a Billboard que ela voltou ao estúdio com suas companheiras de banda Corin Tucker e Janet Weiss. É isso mesmo: o Sleater-Kinney tem um novo álbum a caminho. Se você ainda não está totalmente inteirado na história de Brownstein e da banda, talvez agora seja o momento perfeito pra ler o livro.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no e Twitter.
Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#sleater-kinney
#carrie brownstein
#música