Pobres contra o aborto, ricos a favor das armas: as classes dividem os conservadores

Photo of Pobres contra o aborto, ricos a favor das armas: as classes dividem os conservadores
Facebook
VKontakte
share_fav

Para 57% dos brasileiros, uma mulher que pratica aborto deveria ir para a cadeia. A maconha deveria continuar proibida na opinião de 66%. Quase seis entre dez brasileiros acreditam que o país deveria adotar a pena de morte e oito de cada dez declaram que a maioridade penal deveria ser rebaixada para 16 anos. E há ainda 42% que creem que a posse de arma de fogo deveria ser legalizada no país. Estes são os resultados de uma pesquisa Datafolha sobre temas polêmicos realizada no final de novembro passado e divulgada na íntegra nesta semana. Se, por um lado, ela mostra que o apoio a temas conservadores é grande no país, quando olhada mais de perto revela que nem todos os temas apelam aos mesmos perfis. Os conservadores brasileiros não são todos iguais. E esta ponderação é importante em um ano eleitoral.

ver El País
#ideologias
#pena morte
#maioridade penal
#eleições brasil
#conservadores
#controle armas
#aborto ilegal
#bancada da bala
#legalização
#classes sociais
#responsabilidade penal
#bancada bbb
#eleições brasil 2018
#congresso nacional
#datafolha
#marina silva
#aborto
#eleições
#legislação
#jair bolsonaro