4 dicas sobre gamificação para alavancar os negócios

Facebook
VKontakte
share_fav
Divulgação

Especialista ensina a aumentar a eficiência de uma empresa com elementos de games. (Divulgação)

Nos últimos anos, a utilização de elementos de games em um ambiente corporativo é utilizado cada vez mais no treinamento de funcionários, a partir de uma técnica denominada gamificação.

LEIA MAIS: Quanto custa estudar em algumas das escolas mais caras do Brasil

“Gamificação é a aplicação da mecânica e do pensamento de games em um ambiente diferente, como o mundo corporativo”, explica Karl Kapp, especializado em gamificação aplicada em educação e aprendizagem e professor na Bloomsburg University of Pennsylvania. Kapp esteve no Brasil em novembro, quando conversou com FORBES Brasil durante o Espresso3 Summit Gamification, realizado em São Paulo.

Um dos objetivos da gamificação nas companhias é o treinamento dos funcionários de acordo com a sua função, ao demonstrar como executar melhor as tarefas e aumentar o engajamento. “O foco é ajudar as empresas a transferir a aprendizagem para a prática” explica Flora Alves, sócia-fundadora da consultoria SG, especializada em aprendizagem corporativa. A especialista também aponta que a técnica pode ser empregada em qualquer setor e sem restrição de faixa etária e nível de escolaridade.

Com a alta complexidade dos negócios, o nível de informação e conhecimento exigido aos funcionários é elevado. Desta forma, a gamificação pode desenvolver habilidades relacionadas à estratégia e alocação de recursos, o que contribui para um aumento da eficiência. “Em uma empresa de call center, houve uma redução de 55% na segunda chamada do consumidor após o treinamento com gamificação”, afirma Kapp, sobre um estudo de caso em que participou.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 4 dicas do professor Kapp sobre como utilizar a gamificação para alavancar o resultado de uma empresa:

iStock iStock iStock

O post 4 dicas sobre gamificação para alavancar os negócios apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#gamificação
#flora alves
#karl kapp