Massacre de Felisburgo encerra capítulo com prisão de grileiro

Photo of Massacre de Felisburgo encerra capítulo com prisão de grileiro
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Direitos humanos

Foto: Giuseppe Rindoni
Jornal GGN - Após 13 anos de impunidade, o Massacre de Felisburgo ganhou um capítulo que trouxe esperanças aos familiares e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O mandante do ataque armado contra mais de 200 famílias, levando à morte de cinco agricultores e doze feridos, o fazendeiro Adriano Chafik Luedy foi preso na tarde desta quinta-feira (14), em Salvador, na Bahia.
A chacina de Felisburgo, no norte de Minas Gerais, como ficou conhecido o crime, ocorreu em novembro de 2004, completando treze anos sem respostas às vítimas, familiares e ocupantes do Acampamento Terra Prometida, montado pelo MST na Fazenda Nova Alegria. Além das mortes e de doze baleados, o grileiro acompanhado de 15 capangas também incendiou 27 casas, plantações e uma escola no local.
Imagens para texto

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#mst
#acampamento
#armado
#ataque
#atentado
#cidadania
#chacina
#massacre
#direitos humanos