Nova conselheira geral da Apple, Katherine Adams chega com bônus de milhões em ações; Warren Buffett investe (ainda) mais na Maçã

Photo of Nova conselheira geral da Apple, Katherine Adams chega com bônus de milhões em ações; Warren Buffett investe (ainda) mais na Maçã
Facebook
VKontakte
share_fav
Apple e dinheiro

Há algumas semanas, a Apple anunciou que o seu atual conselheiro geral e vice-presidente sênior de segurança global e legal, Bruce Sewell, se aposentaria no fim do ano, sendo substituído pela ex-Honeywell Katherine Adams.

Agora, um documento publicado na SEC1 mostra que Adams terá, digamos, um excelente incentivo para esse início de atividades em Cupertino.

Kate Adams

Kate Adams, nova conselheira geral e vice-presidente sênior da segurança global e legal

Como parte do seu plano de emprego, Adams receberá 57.482 unidades de ações restritas (Restricted Stock Units, ou RSUs), divididas em quatro partes ao longo de quatro períodos em maio e novembro de 2018, novembro de 2019 e novembro de 2020 — contanto, é claro, que ela permaneça contratada pela Apple nessas datas.

Além disso, ela pode ganhar mais 57.482 ações com base no retorno total de ações da Apple entre novembro de 2017 e setembro de 2020. Conforme o atual preço das ações da Maçã, 57.482 RSUs da empresa equivalendo-vos a cerca de US$9,7 milhões — ou seja, dependendo do desempenho da empresa (e da própria Adams) nos próximos anos, a executiva pode receber uma bolada próxima até mesmo dos US$20 milhões.

· • ·

Em uma nota relacionada, a Maçã pagou aos seus acionistas os dividendos trimestrais dentro do programa de pagamento e recompra de ações. A grande novidade aqui — seguindo a trajetória de crescimento da $AAPL na NASDAQ é o valor recorde pago aos felizardos: US$0,63 por ação, totalizando formidáveis US$3 bilhões em dividendos.

Apple e dinheiro

Este pagamento de novembro de 2017 é o décimo-quarto a ocorrer desde a renovação do programa de pagamento de dividendos e recompra de ações, desde que a Apple anunciou o seu novo programa, quando dividiu suas ações em sete e a unidade passou de US$3,29 a US$0,47 (valor este posteriormente aumentado para US$0,52, US$0,57 e, agora, US$0,63).

Além disso, ao longo dos últimos quatro trimestres, a Apple recomprou US$53 bilhões das suas ações pelo mercado direto ou via programas de recompra acelerados — deste valor, US$7,5 bilhões foram gastos neste último período.

· • ·

Para terminar as boas notícias financeiras da Apple no dia, a investidora Berkshire Hathaway (que site maravilhoso!), do magnata Warren Buffett, anunciou que vendeu mais uma fatia (32% do total, especificamente) das suas ações da IBM para investir ainda mais na Apple, onde já tem uma gorda participação.

Warren Buffett, da Berkshire Hathaway

Como informa a Reuters, ao longo do último trimestre, a Berkshire Hathaway estendeu sua posse de ações da Apple em 3%, chegando ao total de 134,1 milhões de papéis que, no total, valem cerca de US$20,7 bilhões.

Realmente, quando um dos maiores bilionários do mundo confia na sua empresa, acho que é um bom momento para sentir-se confortável.

via MacRumors, AppleInsider

ver Mac Magazine
#compra
#warren buffett
#berkshire hathaway
#dividendos
#ações
#katherine adams
#recompra