Marinha argentina capta um “ruído permanente” na região em que o submarino desapareceu

Photo of Marinha argentina capta um “ruído permanente” na região em que o submarino desapareceu
Facebook
VKontakte
share_fav

Os sinais de esperança recebidos no sábado se apagaram. A Marinha argentina confirmou que as sete chamadas via satélite detectadas não pertencem ao ARA San Juan, o submarino que está perdido no Atlântico sul há cinco dias, com 44 pessoas a bordo. Esta segunda-feira era a data-limite para sua chegada ao porto de Mar del Plata, 400 quilômetros ao sul de Buenos Aires, evidência de que a embarcação não tem somente um problema de comunicação, como especularam os socorristas em um primeiro momento. Tampouco há indícios de onde possa estar. O mau tempo tornou quase impossível o rastreamento por água, e os radares das aeronaves são pouco confiáveis com ondas de até seis metros e ventos de 75 quilômetros por hora. A Marinha informou agora que o capitão do ARA San Juan reportou em uma de suas últimas comunicações, na quarta-feira, um “princípio de avaria nas baterias”, mas o considerou “normal”. A inquietação aumenta entre os familiares da tripulação.

ver El País
#armamento
#defesa
#emergências
#buenos aires
#submarinos
#transporte militar
#equipes resgate
#acontecimentos