Produtor Brett Ratner pode ter sido demitido após protesto de Gal Gadot

Photo of Produtor Brett Ratner pode ter sido demitido após protesto de Gal Gadot
Facebook
VKontakte
share_fav

Today

Heroína da vida real!

Gal Gadot tinha revelado que não faria a continuação de Mulher-Maravilha caso o produtor, Brett Ratner (que foi acusado de assédio sexual), não fosse demitido e parece que o esforço valeu a pena. Em uma entrevista para o programa Today, Gal deu a entender que o produtor teria deixado a equipe. Arrasou!

GAL GADOT POSTA FOTO DE CARA LAVADA APÓS NOITE SEM DORMIR

Segundo a própria atriz, tudo teria acontecido antes mesmo de seu protesto se tornar notícia. “Muita coisa foi escrita sobre minhas opiniões, e todo mundo sabe como eu me sinto porque não estou escondendo nada. Mas a verdade é que há muitas pessoas envolvidas no filme, não sou só eu, e todas elas sentiram a mesma coisa. Todos sabiam qual era a coisa certa a se fazer, mas não tinha nada para eu de fato dizer, porque já tinha sido feito antes da matéria ser publicada“, disse ela.

GAL GADOT ESTAVA GRÁVIDA DE 5 MESES DURANTE FILMAGEM DE MULHER-MARAVILHA

Por enquanto nada foi confirmado oficialmente pela equipe do filme, mas de qualquer jeito é muito bom ver as atrizes usando a voz para trazer um pouco mais de justiça, né?

[scrollGallery id=21432 start=5 autoScroll=false thumbsdown=true]

ver E! Online Brasil
#gal gadot