História do furador de papel vira Doodle inusitado para o Google

Photo of História do furador de papel vira Doodle inusitado para o Google
Facebook
VKontakte
share_fav

Quem já parou para pensar na história do furador de papel? O Google, sim – em comemoração aos 131 anos da ferramenta que era tão comum nos escritórios e escolas, o gigante das buscas publicou um Doodle nessa terça (14). Quem acessa o site para fazer uma busca dá de cara com uma folha de papel dançante, que ganhou olhos e boca graças ao furador.

Reprodução

Correndo o risco de ~extinção~, em um mundo cada vez mais digital, a ferramenta foi criada na Alemanha, em 1886, por Friedrich Soennecken. Essa data e o título de “pai” do furador são controversos. Há quem diga que na realidade a primeira patente do furador é de 1885, e que ele foi inventado por Benjamin Smith.

Desde então, variações do furador clássico foram inventadas, e em vez de fazer os dois furinhos para colocar papeis de pastas ou fichários, os furadores agora existem em vários formatos, com fins decorativos e para fazer scrapbooking – os populares álbuns decorados.

No Brasil, os restos de papel que ficavam acumulados no fundo do furador invariavelmente viravam confetes nas mãos das crianças. Mas basta uma voltinha no Pinterest para ver boas ideias de artesanato e DIY feitos com furador de papel. Veja nossa seleção:

ver M de Mulher
#doodle
#escola
#estilo de vida