Autor de vídeo de William Waack se pronuncia sobre vazamento

Photo of Autor de vídeo de William Waack se pronuncia sobre vazamento
Facebook
VKontakte
share_fav

São Paulo – O responsável por gravar e vazar o vídeo que mostra o jornalista William Waack fazendo um comentário racista é um ex-funcionário da Rede Globo e teve sua identidade revelada nesta quinta-feira.

No vídeo, o Waack aparece incomodado com o som de buzinas próximas ao local de gravação. Ele, então, comenta com o entrevistado que isso seria “coisa de preto”.

Em entrevista ao site da Jovem Pan, o operador de VT Diego Rocha Pereira, de 28 anos, conta que se indignou com o comentário, feito nos bastidores de uma cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos, em novembro do ano passado. Por isso, decidiu gravar com seu celular o registro feito pelas câmeras.

O vazamento do vídeo foi feito com a ajuda do designer gráfico Robson Cordeiro Ramos, 29. Os dois afirmam que o fato de o comentário ter sido feito com naturalidade e de não ter gerado qualquer reação de protesto por parte de outros membros da equipe também foi motivo de indignação.

Ao Blog de Mauricio Stycer, no , Diego, que trabalhou na emissora até janeiro de 2017, também explica que só divulgou o vídeo agora, quase um ano depois, por ter tido medo de ser demitido na época.

Após a repercussão do episódio, Waack foi afastado de suas atividades da Rede Globo. Em nota, a emissora diz que “é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações” e que irá analisar o caso.

William Waack é um dos melhores jornalistas da TV brasileira, dono de uma carreira exemplar, tanto na imprensa escrita como na televisiva.


Arquivado em:ESTILO DE VIDA
ver EXAME
#rede globo
#emissoras de tv
#estilo de vida