A enganosa distância da história russa

Photo of A enganosa distância da história russa
Facebook
VKontakte
share_fav

Dois quilômetros separam o busto de Stálin, responsável pelo Grande Terror, e o memorial dedicado às vítimas da repressão na União Soviética. Ambos os monumentos, localizados em um bairro moscovita saturado de história, foram inaugurados com menos de seis semanas de intervalo às vésperas do centenário da revolução bolchevique de 1917, comemorado oficialmente nesta terça-feira (a revolução começou no dia 7 de novembro, que era 25 de outubro no calendário Juliano vigente na época). A distância física e temporária entre ambos os complexos escultóricos é insignificante se comparada à distância ideológica e política de seus respectivos patrocinadores na estrutura de um Estado cujos dirigentes demonstram, com frequência, uma atitude esquizofrênica em relação ao passado, porque ainda acreditam ter muito a agradecer aos verdugos.

ver El País
#história contemporânea
#história
#centenarios
#aniversários
#revolução russa
#eventos
#europa