Com Neymar, escolinha do Paris Saint-Germain bomba no Brasil

Photo of Com Neymar, escolinha do Paris Saint-Germain bomba no Brasil
Facebook
VKontakte
share_fav

São Paulo – Alinhados em frente a um painel em que o camisa 10 do Paris Saint-Germain é figura central, um grupo de garotos de 9 a 11 anos responde em uníssono quem é o jogador de futebol preferido deles: “Neymar!”. Ninguém ousa contrariá-los quando o assunto é quem vai ser o melhor do mundo em 2018: “Neymar!”. Eles fazem parte de uma das turmas da PSG Academy, em São Paulo, escolinha de futebol da equipe francesa.

A unidade no bairro da Pompeia, na zona oeste da capital paulista, iniciaria as atividades apenas em 2018, mas a transferência do brasileiro do Barcelona para o Paris Saint-Germain há três meses fez as coisas caminharem mais rápido e, agora, cerca de 150 crianças já estão matriculadas e treinando há pouco mais de um mês no local, que passa por obras.

Os garotos de São Paulo se somam aos quase 800 atletas das três escolinhas do Paris Saint-Germain no Rio de Janeiro, em funcionamento desde 2014, e que abriram as portas do mercado brasileiro para a franquia de Paris. O projeto de expansão prevê a abertura de cinco unidades por ano a partir de 2018. As primeiras já têm local definido: Guarulhos e Sumaré, em São Paulo. Ambas para fevereiro.

A escolinha aproveita o efeito Neymar. De acordo com o diretor de expansão da PSG Academy no Brasil, François Marot, a projeção de crescimento da franquia no país já estava definida antes da chegada do craque ao Parque dos Príncipes, mas a busca de atletas e de interessados em fazer parte do grupo teve um aumento significativo. “A transferência do Neymar veio no momento certo”, disse Marot. “A gente percebe um aumento. O número de atletas dobrou e o impacto chega a ser ainda maior na procura de novos possíveis franqueados”.

O investimento para abrir uma unidade da PSG Academy é de cerca de R$ 200 mil. A oportunidade vem despertando interesse principalmente de empresários, donos de complexos esportivos e que já têm experiência com escolinhas de futebol ou no aluguel de campinhos.

Para treinar na escolinha, o valor varia de acordo com a unidade. Em São Paulo, os pacotes anuais vão de R$ 3.000 a R$ 6.800, dependendo do tempo de treino por semana e a forma de parcelamento. O procedimento de entrada é padrão: interessados, de 5 a 15 anos, fazem teste que avalia o nível técnico e tático para definir a sua turma.

A franquia garante que a metodologia de treino na escolinha é a mesma aplicada nas categorias de base do Paris Saint-Germain. Os instrutores das unidades participam de treinamento em Paris e aplicam a filosofia do clube nas escolinhas. A perspectiva de ter um trabalho similar ao de Neymar anima os garotos, que não poupam elogios à equipe parisiense. “O PSG tem um time muito bom e é um dos melhores da Europa. Acho que pode até ganhar a Liga dos Campeões”, opinou Arthur, de 11 anos.

Wilton, da mesma idade, concorda que o time de Neymar deve levar tudo na temporada e sonha com uma futura carreira como jogador. “Ainda quero jogar no PSG. O Neymar me inspira porque ele dribla bem e é um pouco fominha, como eu”. Murilo, de 11 anos, e Davi, de 9, elogiam o caráter decisivo de Neymar. “Gosto como ele faz a diferença nos jogos. Joga muito”, disse Murilo. “Ele é habilidoso, dá muitos dribles e é brasileiro. O Kurzawa não fazia tanto gol assim e há alguns dias fez três. Neymar faz a diferença”, entendeu Davi.


Arquivado em:PME
ver EXAME
#pequenas empresas
#franquias