Putin denuncia a repressão política na URSS, mas pede para que o país “vire essa página”

Photo of Putin denuncia a repressão política na URSS, mas pede para que o país “vire essa página”
Facebook
VKontakte
share_fav

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, inaugurou na tarde de segunda-feira em Moscou o chamado “Muro da Dor”, um memorial dedicado às vítimas da repressão política na URSS. O memorial, escolhido por concurso, é o projeto de maior envergadura apoiado pelo Estado, feito em lembrança aos mortos nos períodos de terror após a revolução bolchevique de 1917. Esse acontecimento histórico, sobre o qual os russos ainda não chegaram a um consenso, completa um século no próximo dia 7 de novembro. “Esses crimes não podem ter nenhuma justificativa”, disse Putin na cerimônia. A abertura do memorial é, para o presidente russo, “especialmente atual no ano do centenário da revolução”.

ver El País
#história contemporânea
#ideologias
#história
#centenarios
#aniversários
#comunismo
#revolução russa
#josef stalin
#eventos
#europa