Comandante de batalhão da PM no RJ é morto com ao menos 17 tiros

Photo of Comandante de batalhão da PM no RJ é morto com ao menos 17 tiros
Facebook
VKontakte
share_fav

Nesta quinta-feira (26), Luiz Gustavo Teixeira, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar do RJ, foi morto na região do Méier, bairro da capital carioca. O PM é o 111º policial morto só este ano no Rio de Janeiro.

Teixeira estava no banco do passageiro junto a outro PM que conduzia um veículo descaracterizado quando foi alvo de ao menos 17 tiros. Segundo a polícia, os criminosos pararam com um carro da marca Audi no meio da rua para começar um arrastão e o PM foi atingido por uma bala de fuzil no rosto após troca de tiros.

O PM que conduzia o veículo levou um tiro na perna, mas não corre risco de vida. A polícia não descarta a possibilidade de o oficial ter sofrido um atentado. Um dos criminosos suspeitos de estar envolvido na morte já foi identificado. De acordo com as informações da PM, o homem é da Favela da Cachoeirinha.

O comandante tinha 48 anos e estava na corporação há 26. Deixou a esposa e dois filhos. O oficial chegou a ser conduzido ao Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos.

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#polícia militar
#morte